29/09/2021 | Germed Saúde

Crise de identidade: saiba o que significa e quando isso costuma acontecer

O termo "crise de identidade" entrou em discussão após casos de intervenções cirúrgicas no corpo se tornarem mais frequentes entre os jovens. Um exemplo da busca por uma transformação estética é do estudante Felipe Adam, que pretendia realizar 42 procedimentos para se parecer cada vez mais com o boneco Ken. (Veja entrevista com "Ken Humano" no vídeo acima)

O Segue o Fio do g1 conversou com uma especialista para entender o significado do termo e quais as consequências que isso pode trazer para as pessoas. A psicóloga clínina Eda Fagundes afirmou que as pessoas não aceitam as transformações naturais do corpo.

O que significa?

“Quando a gente fala de crise de identidade, a gente está falando de muitas variantes, coisas diferentes. A crise de identidade é a presença de um conflito interno entre aquilo que se é fisica e psiquicamente e a não aceitação. Ou porque não se acha bonito ou porque não corresponde ao gênero”

Quando costuma acontecer?

“A gente precisa se aceitar. Nós temos muita dificuldade de aceitação em dois momentos: da criança para o adolescente, existe uma negação do corpo; (...) e, depois, da idade madura para a velhice. São dois momentos de muita crise”

Causa da crise: pessoas não aceitam as mudanças naturais

“Eu fico impressionada de ver, mesmo com a tecnologias e diversos recursos, como as pessoas estão com dificuldade em entenderem que elas vão mudando com o tempo. Você pega uma foto sua de 5, 10, 15 anos atrás e você vai ver que, de lá para cá, você construiu uma pessoa em todos os sentidos".

Alerta para exageros

“As pessoas estão muito fixadas no visual, em passar jovialidade, beleza. Como se isso fosse um valor máximo. Todo mundo quer ficar jovem para sempre. Se cuidar é muito, cuidar da alimentação, da aparência física, envelhecer bem. Não tem nada errado com isso. Nós estamos falando dos exageros”

Compartilhe esta notícia

Twitter Facebook